Pessoas se relacionam com marcas humanizadas

Por Maria Eduarda de Sá (Ares Comunicação)


Humanizar a marca não é expor sua vida pessoal, é apenas mostrar fragmentos do seu dia a dia e principalmente da rotina do seu trabalho. Isso traz confiança para que as pessoas deixem de ser seguidores para serem consumidores da sua marca!

Humanizar a marca, é dar características semelhantes ao ser humano, tornando-a uma “pessoa que fala, sente, pensa e age” e estabelece um nível mais profundo de confiança, estabilidade e transparência com o relacionamento com o público. Direcione seus objetivos ao longo de seu processo de compra e forneça uma experiência personalizada.

Uma marca humanizada não é uma estratégia focada em vendas, mas uma ação planejada e contínua de gerenciamento de marca para atrair, reter, reter e estabelecer um forte vínculo emocional com os consumidores.

Em outras palavras, o marketing humanizado está materializado na atitude – chamamos de cultura organizacional – e na estratégia de comunicação adotada pelo público, por meio da compreensão, compreensão e satisfação plena de seus anseios e desejos mais potenciais, por meio da criação de produtos que expressem humanidade e valores.

Separamos 5 dicas especiais:


1- Mostre sempre os bastidores do seu trabalho, nada passa mais confiança que transparência, abra o jogo e mostre o que está por trás do que você faz.

3- Você não precisa expor toda a sua vida pessoal, você pode compartilhar uma parte da sua personalidade, criar pontos em comum com sua audiência, passar confiança e segurança sobre seu trabalho.

4- Compartilhe parte da sua rotina,  compartilhe exercícios, uma comidinha gostosa aqui, uma diversão ali.

5- Compartilhe aprendizados, não tenha medo de mostrar que você é humano, divida seus sonhos e seus medos, sempre respeitando seus limites, claro.